Futebol: Club Brugge KV – Sporting 2-2 (4-3 após pênaltis)

Primeira parte notou-se pernas pesadas e um adversário mais adiantado na preparação. Boa reação na 2.ª parte da equipa, demos a volta ao resultado mas sofremos o empate de pênalti e depois perdemos o troféu nos pênaltis.

Marcel Keizer apresentou o seguinte onze:

Os belgas começam o campeonato já no próximo fim-de-semana, o Sporting ainda está a 2 semanas do primeiro jogo oficial. Tivemos um minuto de silêncio para a memória do ex treinador belga do Sporting, Robert Waseige.

Primeiros 5 minutos com o Sporting com mais posse de bola e a chamar o adversário para depois meter a bola nos flancos. Primeiros 10 minutos sem grandes interesses, o Sporting tentava jogar ao primeiro toque.

Aos 16 minutos 1-0 para o Brugge após eles fazerem uma pressão alta e nós perdemos a bola e eles aproveitaram para fazer o golo. Aos 18 minutos nova perca de bola e os belgas remataram para defesa do Renan. Aos 20 minutos nova perca de bola mas desta vez recuperamos logo. O Sporting tentava sair a jogar e os belgas começavam a pressionar melhor e nós sentíamos dificuldades.

Após uns razoáveis primeiros 5 minutos do Sporting os belgas começavam aos poucos tomar conta do jogo. Os piores primeiros 20 minutos desta pré-época. Aos 23 minutos nova perca de bola e sensação de perigo para os belgas. Aos 24 minutos boa jogada deles mas desta vez Neto cortou o lance. Aos 27 minutos Bruno Fernandes marcou um livre que obrigou o guarda-redes a defender para canto, no canto Vietto rematou para fora em boa posição. Aos 29 minutos boa jogada do Sporting ao primeiro toque com Bruno Fernandes a rematar para fora.

Aos 30 minutos amarelo para Wendel após falta sobre um adversário. Aos 32 minutos mais uma perca de bola e os belgas saíram para um contra-ataque rápido, cruzamento longo sem que o jogador belga pudesse aproveitar. Aos 37 minutos o árbitro assinalou uma falta parecida com a que valeu um amarelo a Wendel e aqui não achou, Bruno Fernandes acabou por ver o amarelo por protestos. Aos 40 minutos passeio aberto no meio-campo leonino resultou numa bola ao poste. Aos 45 minutos Raphinha foi rasteirado na área e o árbitro assinalou pênalti para o Sporting. Bruno Fernandes empatou o jogo de pênalti.

Primeira parte muito sofrida por parte do Sporting, os belgas a partir dos 5-10 minutos mostraram ser melhores nesta altura da pré-época. Se por causa disso ou por causa de outra coisa não sei mas tivemos muito mal esta 1.ª parte.

Para a 2.ª parte uma dupla alteração Luiz Phellype entrou para o lugar do Bas Dost e Jovane Cabral para o lugar do Luciano Vietto. Aos 47 minutos um contra-ataque rápido leonino deu num cruzamento rasteiro para Luiz Phellype que rematou à malha lateral. Aos 51 minutos o Brugge esteve perto do 2-1 num cruzamento para a área aonde apareceu um belga a rematar por cima da barra.

À primeira grande perca de bola por parte do Brugge o Sporting aproveitou com Bruno Fernandes a assistir Jovane Cabral e este fez o 1-2 aos 52 minutos. Aos 59 minutos o Luiz Phellype esteve perto de fazer o 3.º mas não rematou com a força necessária e um defesa salvou antes da linha de golo. Aos 60 minutos o árbitro assinalou pênalti para o Brugge após falta de Jovane Cabral. Vanaken não tremeu e empatou.

Aos 65 minutos dupla defesa de Renan Ribeiro e à 3.ª foi Ilori a salvar o Sporting. O Sporting fez entrar Thierry Correia para o lugar do Tiago Ilori, Miguel Luís para o lugar do Idrissa Doumbia. Aos 67 minutos boa combinação entre Wendel e Bruno Fernandes deu num remate rasteiro forte ao lado do internacional português. Aos 71 minutos nova boa defesa de Renan a evitar o 3-2. Aos 74 minutos Eduardo Quaresma e Eduardo Henrique entraram para os lugares de Jérémy Mathieu e Wendel.

Aos 78 minutos Miguel Luís viu amarelo por agarrar um adversário. João Silva para o lugar do Neto, Nuno Mendes para o lugar do Conté, Maximiano para o lugar do Renan, Gonzalo Plata para o lugar do Raphinha e Daniel Bragança para o lugar do Bruno Fernandes aos 78 minutos. Uma estreia absoluta na equipa principal do Sporting para Daniel Bragança e mostrou uns bons pormenores.

Aos 86 minutos Jovane Cabral rematou forte fora da área para defesa do guarda-redes para canto. Canto perigoso mas a bola saiu ao lado. O árbitro deu 2 minutos de descontos e o jogo acabou por ir às grandes penalidades.

BRUGGE: Horvath, Mata, Mitrovic, Deli e Sobol; Amrabat, Vormer e Venaken; Dennis, Danjuma e Okereke.

Suplentes: Letica-Shinton, Peres, Kossounou, Schoonbaert, Van der Brempt, Cools, De Ketelaere, Schrijvers, Amrabat, Openda e Vlietinck.

SPORTING: Renan, Ilori, Neto, Mathieu, Conté, Eduardo Henrique, Wendel, Bruno Fernandes, Raphinha, Vietto e Bas Dost.

Suplentes: Luís Maximiano, Thierry Correia, Eduardo Quaresma, João Silva, Nuno Mendes, Borja, Eduardo, Miguel Luís, Daniel Bragança, Gonzalo Plata, Jovane e Luiz Phellype.

1-0 David Okereke (16)

1-1 Bruno Fernandes (45+2, pênalti)

1-2 Jovane Cabral (52)

2-2 Venaken (63)

Grandes penalidades

1-0

1-1 Luiz Phellype

2-1

2-2 Gonzalo Plata

2-2 (Brugge rematou por cima)

2-2 Miguel Luís rematou por cima

3-2

3-3 Jovane Cabral

3-3 Maximiano defendeu

3-3 Eduardo Henrique permite defesa do guarda-redes

4-3

4-3 Daniel Bragança ao poste

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s